Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Aeroporto de Congonhas completará 81 anos nessa quarta


O Aeroporto de Congonhas chega aos 81 anos nesta quarta-feira, 12 de abril, atingindo a marca de mais de 57 mil passageiros e 580 pousos e decolagens por dia. É o segundo aeroporto mais movimentado do país, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), apesar de operar 17 horas por dia com voos exclusivamente domésticos.

Em comemoração ao aniversário, o terminal ganhará novos serviços, a fim de ampliar a satisfação de passageiros e usuários e, por que não, de visitantes, resgatando um antigo costume da sociedade paulistana em frequentar o aeroporto para lazer.

Nesta semana, o restaurante Noar – Culinária à Mão abre as portas no 2º andar do terminal de passageiros. Repaginado, mas preservando as características históricas do projeto original, o restaurante vai apostar em um cardápio dedicado à comida brasileira contemporânea com toques internacionais. Registros importantes à história de Congonhas compõem a decoração do ambiente, arrematado por mobílias de designers brasileiros. Além das opções à la carte ou buffet, o restaurante também irá dispor de lounge, café e bar, onde será servido o Noar Congonhas – um drink inusitado, criado especialmente em homenagem ao aeroporto.

Além disso, um projeto ousado e inédito em aeroportos brasileiros deve começar a ganhar forma. Trata-se de um espaço multicultural que pretende dar vida à praça do edifício garagem do aeroporto, até então utilizada apenas ocasionalmente. Feiras, shows, musicais nacionais e internacionais, eventos gastronômicos, entre outros, deverão compor a programação do local, batizado de Congonhas Showcase. A expectativa é de que a abertura aconteça em junho deste ano.

“O foco de nossas ações é a satisfação das pessoas que passam por aqui, seja passageiros, comunidade aeroportuária ou visitantes. Nosso objetivo é dialogar com esses públicos, de modo a fazer de Congonhas um aeroporto cada vez mais completo: confortável, seguro, ágil e com opções diversificadas de lojas, restaurantes e serviços”, revela o superintendente da Infraero no Aeroporto de Congonhas, Aparecido Iberê de Oliveira.

“No passado, Congonhas era ponto de encontro de amigos por ter um dos poucos cafés 24 horas da cidade. Bailes carnavalescos também eram realizados no terminal. Com o projeto do espaço multifuncional, esperamos resgatar esse vínculo com a sociedade de forma geral”, finaliza o superintendente.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário