Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Piloto sequestrado durante roubo a avião em hotel no Pantanal de MT é encontrado


Dom 11/6/2017 - O piloto Rogério Lana Gomes, de 61 anos, que foi sequestrado no dia 7 de junho durante um roubo a um avião monomotor no Hotel Sesc Porto Cercado, na região do Pantanal em Poconé, foi encontrado. Ele está numa região de mata no estado de Rondônia e fez contato com a família neste sábado (10). A aeronave, porém, ainda não foi localizada.

A informação foi confirmada tanto pelo Sesc quanto pela Polícia Civil, que investiga o roubo do avião e o sequestro do piloto.

Gomes deve voltar ainda neste fim de semana para Mato Grosso e, na segunda-feira (12), deverá ser ouvido pela Gerência de Combate ao Crime Organizado, da Polícia Civil, informou a assessoria da instituição.

Rogério Gomes é funcionário do hotel e pousava a aeronave Cessna 206 prefixo PR-ESC na pista lateral do estabelecimento quando foi rendido por um assaltante. O bandido entrou no avião, sequestrando com ele o piloto.

A polícia agora tenta localizar o monomotor.

Fab

De acordo com informações da Força Aérea Brasileira (FAB), o piloto acionou o código de interferência ilícita no transponder, o que permitiu que o radar pudesse monitorar o voo da aeronave modelo Cessna prefixo PR-ESC. O código é digitado em caso de ameaça de perigo grave e iminente e, assim que acionado, permite que o controlador de trafego área identifique a aeronave e acione o comando de operações aeroespaciais para que se realize o monitoramento e vigilância do voo.

O último registro do monitoramento, feito por meio do radar, foi no dia do roubo, na fronteira com a Bolívia. Ainda segundo a FAB, não há como precisar se a aeronave pousou em fazendas ainda no Brasil, se conseguir chegar ao país vizinho ou se simplesmente saiu do alcance do radar.Isto porque o sinal do radar tem alcance limitado e, quanto mais baixo o voo, mais difícil de detectar.

A FAB afirma que comunicou a Polícia Federal em Mato Grosso. As equipes das unidades especializadas do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e do Grupamento Especial de Fronteira (Gefron) também estão em busca dos criminosos do piloto, informa a Gazeta Digital.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário