Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Falha de comunicação de avião da Air India mobiliza caças hungaros, alemães e belgas


Um Boeing 787-800 Dreamliner da Air India, matricula VT-ANT ,realizando o voo AI-171 de Ahmedabad (Índia) para Londres - Heathrow, EN (UK), com 231 passageiros e 18 tripulantes, estava em rota no nível de voo FL400 entrando no espaço aéreo húngaro às 08:42Z (horário GMT).

A tripulação no entanto não entrou em contato com o ATC de Budapeste.

Enquanto a aeronave continuava seu plano de voo pela Hungria e Eslováquia, caças Gripen húngaros foram enviados, interceptando a aeronave sobre a República Tcheca às 09: 22Z.

O piloto do Boeing sinalizou que o voo e a tripulação estavam bem, e que enfrentavam problemas técnicos. Os caças escoltaram o Boeing 787 através do espaço aéreo checo, e caças alemães assumiram para escoltar a aeronave através do espaço aéreo alemão (10am).

A tripulação do 787 restabeleceu a comunicação de rádio 09:36Z (perda de comunicação por 54 minutos) já no Espaço Aéreo Alemão.

No espaço aéreo belga foi escoltado por F16 (10:30am), e no espaço aéreo do Reino Unido não foi necessário, seguindo o resto da viagem para um aterrissagem segura em Londres - Heathrow às 10: 57Z.

A aeronave permaneceu no solo em Londres por 3:15 horas, e depois partiu para a perna London - Newark, NJ (EUA) com um atraso de 45 minutos.

Operadores de usinas nucleares alemãs informaram que foram instruídos a evacuar três usinas nucleares na Alemanha devido à perda de comunicação entre DFS (Deutscher Flugsicherung) e o AI-171.
Boeing 787-800 Dreamliner da Air India matricula VT-ANT



Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário