Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Malaysia Airlines adota novo sistema de rastreamento global


A Malaysia Airlines será a primeira companhia aérea no mundo a adotar o novo sistema de rastreamento de voos global da Sita On Air, que reúne o já existente Aircom Flight Tracker ao sistema da Aireon, chamado Automatic Dependent Surveillance-Broadcast (ADS-B), que estará em funcionamento a partir do ano que vem.

O anúncio foi feito nesta terça (18) em comunicado da Aireon, que explica ainda que, com a adição do ADS-B, as companhias que se tornarem clientes do novo sistema de rastreamento terão acesso, minuto a minuto, a atualizações da posição de sua frota aérea no mundo todo, resolvendo lacunas existentes na cobertura do atual sistema, principalmente em lugares remotos e oceânicos.

Além disso, um dos pontos destacados pela empresa é que não serão necessárias alterações nos aviões que já possuem o sistema: a partir do momento que o ADS-B entrar em funcionamento, as companhias que possuem o programa começarão a ver automaticamente os novos dados Aireon aparecerem em seus sistemas, sem a necessidade de modificações custosas.

“O rastreamento global de aeronaves em tempo real tem sido há muito tempo um objetivo da comunidade de aviação", afirmou o COO da Malaysia Airlines, Izham Ismail.

Segundo o diretor de Portfólio da Sita, Paul Gibson, com o novo sistema, “a Malaysia Airlines estará no topo da linha de produção em tecnologia de rastreamento de voo em tempo real. Com acesso a relatórios atualizados, empresa saberá em qualquer momento a localização, posição, velocidade e altitude de todas as aeronaves em sua frota, e será alertada para qualquer mudança".

COMO FUNCIONA?

O Flight Tracker utiliza diversas fontes de dados, incluindo informações de controle de tráfego aéreo, dados terrestres e de satélite, além dos planos de voo da companhia aérea, com o objetivo de fornecer o rastreamento em tempo real da posição da aeronave. Isso inclui a rede de gestão do tráfego aéreo do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), que é administrada pela Sita, e a partir do ano que vem, vai incluir o Automatic Dependent Surveillance-Broadcast (ADS-B), da Aireon.

A solução gera alertas automáticos quando um avião ultrapassa os parâmetros pré-determinados, fornecendo aos controladores de voo uma informação completa em todos os momentos.

ACIDENTE DA MALAYSIA AIRLINES

O anúncio é feito três anos depois do desaparecimento do voo MH370, da companhia da Malásia, que tinha 239 pessoas a bordo. O Boeing 777 que realizava o percurso entre Kuala Lampur, capital do país, e Pequim, na China, desapareceu cerca de 40 minutos após a decolagem, em março de 2014. As buscas pelos destroços do avião foram oficialmente canceladas em 17 de janeiro deste ano.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário