Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Rússia proíbe voo da United Airlines de usar seu espaço aéreo


O voo UA857, com o Boeing 747-422 matrícula N118UA da United Airlines, foi ordenado a ficar fora da Rússia pelas autoridades na quarta-feira (12), poucos dias depois que um médico foi violentamente arrastado de um vôo.

Um voo da United, de São Fransisco para Xangai, China, foi desviado do espaço aéreo russo por “razões diplomáticas”, segundo relatos de passageiros.

O desvio não programado forçou o voo a reabastecer no aeroporto de Narita em Tóquio.
On @United 857 enroute to PVG, diverted to NRT. Captain: Due to diplomatic reasons, Russia denied access to air space. Now refuelling

— brianlinca (@brianlinca) April 12, 2017
A United sofreu severas críticas nos últimos dias depois que um médico foi arrastado de um vôo lotado pela segurança do aeroporto depois de ter sido esmagado por não cooperar com a companhia aérea.

Embora a razão para o desvio não tenha sido esclarecida, algumas pessoas acreditam que pode ser a ver com as tensas relações entre os EUA e a Rússia sobre o recente ataque de bandeira falsa na Síria em 04 de abril.

Em 2014, o primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, discutiu a idéia de proibir o acesso das companhias aéreas ocidentais ao espaço aéreo russo.

Dailycaller relata:

Registros mostram que o voo de São Francisco foi desviado às 7:32 a.m. no Horário Padrão Oriental.

O voo, que normalmente leva menos de 13 horas, foi adiado quase três horas. Deixou o aeroporto de São Francisco às 2:10 p.m. na hora local na terça-feira (11) e chegou em Shanghai em 8:22 p.m. na hora local.

Um porta-voz da United Airlines confirmou ao The Daily Caller que o voo foi reencaminhado e que, como o avião “exigia uma rota mais longa”, foi forçado a reabastecer.

O porta-voz se recusou a comentar se as preocupações diplomáticas estavam em jogo. Ele disse que a United está em comunicação com o controle de tráfego aéreo, incluindo a Federal Aviation Administration, para determinar o motivo do desvio.

Um porta-voz da Federal Aviation Administration enviou esta declaração após a publicação:

“Um vôo dos EUA foi encaminhado em torno do espaço aéreo russo na terça-feira. Esses tipos de desvios são rotineiros e geralmente ocorrem quando há problemas com a papelada que é arquivada para obter autorizações para acessar esse espaço aéreo.”
Boeing 747-422 matrícula N118UA

Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário