Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Voo Cuiabá para Bolívia deve começar a operar apenas no segundo semestre


Os voos diretos entre Cuiabá e a cidade de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, devem começar a operar somente em julho, de acordo com a Azul Linhas Aéreas, responsável pelo trecho. Segundo a empresa, as operações ainda não foram aprovadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e pelas autoridades bolivianas.

O início dos voos já foi adiado por duas vezes por causa da burocracia dos órgãos reguladores dos dois países. Inicialmente, as operações iriam começar em 1º de fevereiro, sendo posteriormente adiadas para abril. Agora, as operações são esperadas para o começo do segundo semestre.

Segundo a Azul, a programação enviada para a Anac se mantém. Por causa disso, os voos para a Bolívia deverão ser cumpridos às terças, sextas e aos domingos. As aeronaves devem partir do Aeroporto Internacional Marechal Rondon às 20h45 para chegar ao país vizinho às 22h45.

No outro sentido, os passageiros deverão embarcar em Santa Cruz de la Sierra, nos mesmos dias da semana, no horário das 23h30 e chegar em Cuiabá às 1h30 da manhã.

A operação no trecho será realizada pela aeronave modelo ATR 72-600, que disponibiliza 70 assentos. O transporte é de fabricação franco-italiana e é ideal para a operação de rotas de curta e média distância, de acordo com a empresa. Os passageiros que pegarem esse voo terão um avião com configuração de poltronas 2-2 e distribuição de snacks e bebidas à vontade e sem custo adicional, informa a Azul.

Voo internacional

O início dessa operação deve marcar a retomada dos voos internacionais regulares realizados pelo aeroporto Marechal Rondon. De acordo com Oiram Gutierrez, empresário e presidente do Sindicato das Empresas de Turismo de Mato Grosso (Sindetur/MT), Cuiabá já operou voos internacionais por fretamento para Miami, Chile e Paraguai.

Além disso, o próprio país vizinho já recebeu e embarcou passageiro periodicamente para Mato Grosso. “Cuiabá tinha voos regulares para Santa Cruz de la Sierra no final da década de 90. Em agosto de 98 a operação, que era realizada pela antiga Vasp, foi suspensa e nunca mais foi retomada”, explicou.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário