Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Governo dos EUA prepara novo órgão para gerenciar o controle de tráfego aéreo


A administração de Donald Trump afirmou seu apoio à criação de uma entidade "independente e sem fins lucrativos", separada da Administração Federal de Aviação (FAA), para gerenciar o controle de tráfego aéreo nos Estados Unidos. A intenção, segundo o Air Transport World, é de que o novo órgão esteja operando a partir de 2021.

A proposta de orçamento do ano fiscal de 2018 da Casa Branca, divulgada ontem (23), dá um destaque à mudança no controle de tráfego aéreo, indicando que o tema será uma prioridade para o governo norte-americano. A expectativa é de que a separação do controle aéreo da FAA gere uma economia de mais de US$ 10 bilhões anualmente para o governo.

Segundo o Escritório de Administração e Orçamento da Casa Branca (OMB), a nova entidade poderá "responder com mais agilidade à demanda por serviços de tráfego aéreo, ao mesmo tempo em que reduz os impostos e gastos do governo". A FAA, portanto, seria responsável apenas por atividades reguladoras de segurança da aviação.

A OMB ainda destaca que 60 países conseguiram, de forma bem sucedida, transferir suas responsabilidades a respeito do gerenciamento do tráfego aéreo de agências governamentais para corporações. O Canadá é um exemplo de destaque para o órgão, uma vez que o país "conseguiu privatizar suas funções de controle de tráfego aéreo há mais de 20 anos e tem realizado inúmeros benefícios".

A NAV Canada, corporação sem fins lucrativos, é o segundo maior provedor de serviços de navegação aérea do mundo e promoveu melhoras na segurança, infraestrutura e desenvolvimento de novas tecnologias, de acordo com o OMB.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário