Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Maior aeronave do mundo, Airlander 10 volta a voar


A Hybrid Air Vehicle anunciou hoje que o Airlander 10 voltou a voar no final da tarde nessa quarta-feira, 10 de maio. No voo que dessa vez ocorreu com sucesso, todos os objetivos do planejados no voo foram realizados e a aeronave está agora seguramente de volta ao seu mastro.


O Airlander foi retirado do seu mastro de amarração às 17:20 hora local, em Shortstown, Bedford, na Inglaterra, e decolou às 17:28. Ele voou por um total de 180 minutos antes de pousar em 20:15 e foi preso com segurança no mastro às 20:20.

“Foi realmente incrível estar de volta no ar. Eu adorei cada minuto do voo e o Airlander em si voou soberbamente. Estou ansioso para voltar para o cockpit e levá-lo para voar de novo”, disse o piloto de testes, Dave Burns.


A bordo estavam os dois pilotos de testes da Airlander: o piloto de teste Dave Burns e o piloto experimental Simon Davies.

O voo de teste reiniciou o Programa de Teste de Voo do Airlander 10, que começou no dia 17 de agosto de 2016. Mas no segundo voo ainda em agosto, quando a aeronave preparava-se para pouso, sofreu avarias na parte da frente ao bater no solo, e desde então estava sem voar.

Durante cada uma de suas 3 fases de testes, o Airlander executará mais tarefas e deverá voar mais longe de sua base no Aeródromo em Cardington.

O Airlander já voou três vezes, além de um voo bem sucedido como HAV-304 durante uma avaliação do programa Long Endurance Multi-intelligence Vehicle do Exército dos EUA em 2012. Houve modificações consideráveis ??desde que era HAV-304 e a equipe Hybrid Air Vehicle fizeram uma série de modificações adicionais desde agosto passado, sendo as principais visíveis hoje um novo mastro de amarração móvel (MMM) mais poderoso e mais manobrável, e os “pés de aterrissagem” adicionais do Sistema Auxiliar de Aterragem (ALS).


Houve três objetivos de teste durante o voo realizado hoje, todos os quais foram alcançados com sucesso:
  • Realizar um voo de teste completo – ou seja, completar uma decolagem segura, voo e pouso da aeronave.
  • Estabelecer as características básicas de manuseio do Airlander dentro de um envelope de voo bem definido, incluindo a avaliação do novo ALS.
  • Para coletar dados de desempenho de voo, tais como movimentação, velocidade aérea e todos os sistemas de veículo, para análise pós-voo. (Isso aumenta a compreensão do desempenho da aeronave, capacidades e envelope operacional).
O ALS funcionou como esperado no pouso, e a equipe de teste de voo estava muito satisfeita com a análise inicial desta nova adição ao sistema de pouso do Airlander.

Em última análise, o Airlander 10 vai quebrar os modelos existentes da aviação, proporcionando uma ultra-estável, ultra-poderosa e ultra-longa plataforma de resistência que será útil em um grande número de funções de busca e salvamento, controle de fronteiras, segurança, filmagem e pesquisa acadêmica. Haverá também variantes de passageiros para a experiência de voo final e eventualmente veículos aéreos híbridos que irão desempenhar um papel crucial no transporte de carga ponto-a-ponto para áreas remotas.

“Este é um grande testemunho da tenacidade e engenhosidade da equipe de engenheiros da Hybrid Air Vehicles, que estão continuamente empurrando os limites da aviação com esta aeronave incrível”, disse o diretor técnico, Mike Durham.

A Hybrid Air Vehicles Ltd foi recentemente aceita no programa ELITE da Bolsa de Valores de Londres para empresas de alto crescimento que buscam uma listagem no Mercado de Valores.

É provável que os próximos voos ocorram pelo menos uma semana ou duas separadas, a fim de dar tempo para uma análise completa dos dados coletados no voo.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário