Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Dois acidentes em menos de 20 dias faz empresa fechar as portas em Roraima

 

Ter 11/7/2017 - Após registrar dois acidentes aéreos em 19 dias, a empresa Paramazônia Táxi Aéreo anunciou que fecha as portas em Roraima. O anúncio foi realizado pelo empresário Arthur Nogueira no sábado (8).

O empresário se limita prestar solidariedade aos familiares das vítimas e informou que a decisão foi tomada em função do desgaste da imagem da empresa, que presta serviço à 22 anos na região, por conta dos acidentes.

Nogueira informou ainda que cerca de 50 funcionários serão demitidos, mas todos serão indenizados.

Primeiro acidente

O piloto conseguiu fazer um pouso de emergência após uma pane mecânica sobre o rio Catrimani, na Terra Indígena Yanomami, dia 14 de junho. Ele e o técnico em enfermagem Ednilson Cardoso aguardaram socorro, mas o piloto Peninha morreu após um resgate mal sucedido.

Leia aqui: https://radaraereo.blogspot.com.br/2017/06/video-mostra-momento-do-pouso-forcado.html

Segundo acidente

Quatro pessoas morreram, após um avião da empresa fretado pelo Exército Brasileiro cair no município de Cantá (distante a 35 quilômetros de Boa Vista) no dia 3 de julho. Cinco pessoas estavam na aeronave. Uma sobreviveu, mas com 50% do corpo queimado.

De acordo com o chefe da Defesa Civil, coronel Doriedson Ribeiro, o monomotor modelo PR-FMR Cessna 210, caiu logo após a decolagem em uma floresta próximo à pista de pouso da Paramazônia.

Leia aqui: https://radaraereo.blogspot.com.br/2017/07/aviao-fretado-pelo-exercito-cai-em.html

Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário