Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Avião da Air France passou próximo ao local de queda de míssil da Coreia


Qui 3/8/2017 - Na última sexta-feira (30/7) a Coreia do Norte novamente realizou testes com um míssil balístico, que dizem ser intercontinental, categorizando ele como um ICBM. Era para ser um teste normal, porém o Pentágono afirmou que um voo da Air France passou perto do míssil norte-coreano.

De acordo com informações divulgadas pelo Pentágono sobre a distância, o ICBM norte-coreano passou a 10 minutos (de voo) do voo 293 da Air France, que estava indo de Tóquio até Paris com 323 passageiros, operado pelo Boeing 777. A aeronave sobrevoou o ponto onde o míssil Hwasong-14 caiu, cerca de 10 minutos antes do avião passar pelo local.

A companhia aérea disse que a área de testes de mísseis da Coreia do Norte não interfere nas rotas da companhia, e que não há necessidade de mudança nas rotas dos voos no momento. Um ex-chefe do órgão americano NTSB classificou isso como “criação de perigo para o espaço aéreo comercial”. De acordo com a Air France, as rotas são avaliadas em relação ao perigo gerado pelo local, e então são alteradas, como na Síria, poucos aviões passam pelo local.

Um porta-voz do Pentágono, capitão Jeff Davis, disse que o míssil norte-coreano é descontrolado e não sabe bem a área que atingirá previamente.

O míssil voou por 47 minutos e 12 segundos, atingindo a altitude de 3724 quilômetros e voando por 1000 km, de acordo com informações da Coreia do Norte, ele caiu na zona econômica exclusiva do Japão, no Mar do Japão, uma área usada por embarcações comerciais e de pesca.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário