Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Video: Voando com o Lockheed WP-3D do NOAA dentro do furacão Irma

Sab 9/9/2017 - A Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (em inglês: National Oceanic and Atmospheric Administration, ou NOAA) está acompanhando de perto o furacão Irma. E quando falamos perto significa dentro do olho do furacão. Mas para chegar nesse local é necessário antes atravessar a parte externa. No dia 6 de setembro, a aeronave WP-3D “Kermit” (#NOAA42), do esquadrão conhecido como “Hurricane Hunters”, entrou no furacão.


Para voar através de um furacão é necessário uma equipe de três pessoas no cockpit. O piloto no assento esquerdo (mais próximo da câmera) é responsável pelo voo, mantendo a proa e a altitude especificada. O engenheiro de voo no banco do meio é responsável por manter a velocidade e monitorar todo o desempenho do motor. O piloto no banco direito apoiará o piloto do assento esquerdo e segurará todas as comunicações com a equipe composta entre 15 e 20 pessoas na parte de trás do avião, que inclui operadores das sondas, meteorologistas, técnicos em voo e pesquisadores.

  

O voo foi realizado acima do furacão, onde é possível ver o “efeito do estádio”, no qual as nuvens que cercam o olho se esticam para cima, dando a aparência dos lados de uma arena esportiva.

 


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário