Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Interjet do México detecta defeito na cauda dos seus Sukhoi e deixa 11 aviões no solo


A companhia aérea mexicana Interjet informou nesta terça-feira que detectou "anomalias potenciais" em 11 aviões russos Superjet 100 e os "aterrou" após uma inspeção para cumprir uma diretriz da autoridade russa de aviação.

A fabricante de aviões russos Sukhoi disse na semana passada que o regulador da aviação detectou um defeito na seção de cauda do avião Superjet 100. A Interjet disse em um comunicado no domingo que estava realizando verificações de seus aviões Superjet 100.

Após a inspeção de 22 aviões, 11 foram aterrados após "anomalias potenciais" serem detectados, disse Jose Luis Garza, executivo-chefe da Interjet, à rádio local.

"Temos 11 aviões que estão no chão, à espera de uma solução da autoridade de aviação e do fabricante para que possamos colocá-los de volta no serviço regular", disse Garza.

O aterramento dos aviões vem em um momento inoportuno para a Interjet, com muitas pessoas viajando para a temporada de férias. Atrasos foram relatados no aeroporto da Cidade do México na noite de segunda-feira, e alguns clientes descontentes tomaram a mídia social para reclamar.

A Interjet comprou vários aviões Superjet 100 da Sukhoi, que é parte da estatal United Aircraft Corp, uma corporação criada pelo presidente russo Vladimir Putin em 2006 para revitalizar a indústria aeronáutica local.

A linha Superjet tem sido perseguida com preocupações de segurança. Em 2012, 45 pessoas morreram depois que um avião da Superjet cair na Indonésia durante um vôo promocional, fazendo com que a companhia aérea Aeroflot aterrasse quatro aviões.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário