Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Esquadrão Pégaso faz o primeiro transporte de órgão do ano


O 5º Esquadrão de Transporte Aéreo (5º ETA), mais conhecido como Esquadrão Pégaso, unidade da Força Aérea Brasileira sediada na ALA 3 (antigo 5º Comar), foi acionado para sua primeira missão de transporte de órgãos do ano de 2017, na madrugada desta quinta-feira (19). A equipe de sobreaviso do esquadrão foi acionada às 2h30. Duas horas depois, após a chegada da equipe médica, partiu em uma aeronave C95BM (Bandeirante) com destino a Criciúma, em Santa Catarina. Devido o aeródromo da cidade estar fechado, a aeronave aterrissou em Jaguaruna, onde a equipe médica seguiu de carro durante 30 minutos até Criciúma.

Após a abertura do aeroporto, a equipe composta pelos pilotos 1º tenente-aviador Felipe de Oliveira e Silva, 2º tenente-aviador Rodrigo Magrani Noro e pelo 3º sargento Felipe Foiato Azevedo, deslocou-se de Jaguaruna a Criciúma, retornando às 9 horas com os médicos e com o pulmão a ser transplantado. A aeronave retornou para Canoas às 11 h30, onde a equipe médica seguiu para o Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Decreto

Desde o dia 6 de junho de 2016, a Força Aérea Brasileira está embasada pelo decreto presidencial nº 8.783 (o qual altera o decreto nº 2,268 de 30 de junho de 1997), a apoiar com aeronaves “qualquer transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo humano, até o local onde será feito o transplante ou, quando assim for indicado pelas equipes especializadas, o transporte do receptor até o local do transplante”. Sendo assim, a FAB mantém permanentemente disponível, no mínimo, uma aeronave, exclusivamente esta função.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário