Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Piloto bebe demais e desmaia em cabine no Canadá


A polícia canadense deteve na manhã deste domingo (1) um piloto da Sunwing Airlines encontrado desmaiado no seu assento na cabine de um avião prestes a decolar, alegadamente bêbado.

O Boeing 737 voo WG595 / SWG595 com 99 passageiros e seis tripulantes sairia de Calgary, no estado de Alberta, e estava agendado para um voo que passaria por quatro cidades até chegar a Cancun, no México.

Antes da aeronave decolar, tripulantes relataram à polícia que o piloto estava agindo estranho. A polícia relata que o co-piloto do avião encontrou o piloto desmaiado no seu assento.

"Eles encontraram ele jogado sobre seu banco. Ele era o capitão da tripulação" disse o sargento Paul Stacey da polícia de Calgary em uma coletiva de imprensa.

O piloto foi escoltado pela polícia para fora do avião e autuado por pilotar uma aeronave enquanto desabilitado, e também por apresentar um nível de álcool no sangue superior a 8 decigramas enquanto controlava a aeronave.

O sargento explicou que esse montante é três vezes superior ao máximo permitido legalmente. Os policiais tiveram de esperar para que o nível de álcool em seu sangue baixasse antes de levá-lo a um juíz de paz local.

A porta-voz da Sunwing Airlines, Janine Massey, parabenizou a equipe da tripulação por relatar e evitar o que ela chamou de "um problema muito infortúnio". O Boeing 737 decolou momentos depois do piloto ser detido, com outro capitão. As autoridades de transporte canadenses estão revisando as fichas do piloto detido por protocolo.

O piloto identificado como Miroslav Gronych, de 37 anos, de nacionalidade eslovaca, e com visto de trabalho no Canadá. O piloto vai ser ouvido em tribunal para primeiro interrogatório na próxima quinta-feira.

Após o incidente e com a substituição do piloto, o avião seguiu para o México, com escalas em Regina e em Winnipeg.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário