Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Balão do Google faz descida programada no interior do Piauí


A queda de mais um balão do Projeto Loon, assustou moradores da zona rural de São João da Serra, Norte do Piauí, na noite dessa quarta-feira (5). Segundo o major da Polícia Militar, Etevaldo Alves, o equipamento sobrevoava a cidade, quando bateu em um morro e causou uma forte explosão.

A nota da X, empresa pertencente a Alphabet que também é responsável pelo Google, diz ainda que não houve queda e nem explosão, mas sim uma descida programada. "Após uma rotina de pesquisa e testes de voo, coordenamos com o controle de tráfego aéreo local o gerenciamento da descida segura e lenta do balão na cidade São João da Serra, Norte do Piauí", diz a nota.

"Os moradores ficaram apavorados, achando que era uma avião caindo. Era umas 20h e no momento do acidente chovia muito em São João da Serra. A equipe da polícia teve dificuldade para entrar na mata e também porque o local é bastante montanhoso. Felizmente, não houve feridos ou danos maiores", relatou o major.

A X informou ainda que uma equipe de resgate treinada já está a caminho para levar o balão de volta para os laboratórios da empresa na Califórnia, onde engenheiros poderão pesquisar mais sobre o seu voo.

No dia 17 de fevereiro, um outro balão semelhante caiu na zona rural de Buriti dos Montes, que fica na mesma região de São João da Serra. Segundo Etevaldo Alves, na época a empresa do Google apenas recolheu o equipamento no dia seguinte e falou que se tratou de um pouso e não queda.

Também em fevereiro, a queda de um mesmo balão do projeto foi registrada na cidade de Autazes, no Amazonas, sem registro de feridos.

O projeto Loon é uma tecnologia experimental de acesso à internet por meio de balões que voam carregados pelo vento em uma altitude duas vezes maior àquela em que operam os aviões comerciais. Os balões podem enviar sinais de acesso à internet para o solo a uma velocidade similar ou até maior à das redes 3G atuais.

Google no Piauí

Os primeiros testes do Google no país aconteceram no dia 28 de maio de 2014 em Campo Maior, Norte do Piauí, onde foram lançados dois balões. Um dos balões deu acesso LTE (Long Term Evolution, que significa "Evolução a Longo Prazo") à internet para a Escola Linoca Gayoso Castelo Branco, zona rural da cidade. Durante uma hora, os alunos da unidade tiveram pela primeira vez aula conectados à rede.

O representante do Google no Brasil explicou na época que após os testes os balões foram desativados e apenas os cinco lançados em Teresina ficariam sobrevoando a estratosfera, de acordo com o vento, durante o período previsto de 100 dias.

Estações no solo se conectam à infraestrutura local de internet e enviam sinais aos balões. Os balões se comunicam entre si, formando uma rede de comunicação no céu. As pessoas se conectam à rede de balões por meio de uma antena especial de internet instalada em suas casa, que é capaz de enviar e receber sinais dos balões que sobrevoam a área.

Os balões do projeto Loon têm um diâmetro de 15 metros. Eles são feitos de um plástico muito fino com três milímetros de espessura e são de material biodegradável. Acompanham um painel solar que fornece energia para os sistemas eletrônicos, uma caixa no qual inclui rádios, antenas, um computador de voo e um sistema de controle de altitude.



Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário