Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Harrison Ford não será punido por quase provocar acidente aéreo


Harrison Ford não será punido por quase provocar um acidente aéreo em fevereiro, segundo o site da revista The Hollywood Reporter. Na ocasião, o ator pousou com seu avião na pista errada de um aeroporto da Califórnia, passando próximo a uma aeronave com passageiros.

“A Administração Federal de Aviação americana (FAA, da sigla em inglês) notificou o senhor Ford de que a agência terminou a investigação sobre o pouso em Santa Ana, no Aeroporto de Orange County em 13 de fevereiro de 2017”, disse Stephen Hofer, advogado do ator. “A FAA conduziu uma investigação completa sobre o assunto, o que incluiu o interrogatório do senhor Ford, e determinou que nenhuma ação administrativa ou legal seria necessária. O senhor Ford manterá seu certificado de piloto sem qualquer restrição.”

Os controladores de tráfego haviam autorizado o pouso de Ford, mas não na pista de apoio, onde acabou sobrevoando um Boeing 737 que estava parado. De acordo com o advogado de Ford, o movimento não colocou ninguém em perigo, segundo as investigações. “Sua aeronave passou a uma distância substancial do outro avião”, disse.

Stephen Hofer também explicou o que aconteceu naquele dia: “O pouso na pista de apoio aconteceu em parte porque ele recebeu um aviso dos controladores de voo de que uma aeronave muito maior do que a sua ia pousar. Havia uma grande chance de ele ser exposto a uma turbulência por causa disso. Ele fez um ajuste de curso e isso afetou sua descida”.

Ford tem ampla experiência como piloto de aviões – em cerca de vinte anos com certificado de piloto, acumulou mais de 5.000 horas de voo. Em 2015, porém, o ator precisou fazer um pouso de emergência em um campo de golfe na Califórnia por causa de uma pane no motor da aeronave que pilotava. Ele quebrou um braço e sofreu ferimentos na cabeça.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário