Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Alitalia não receberá mais investimentos da Etihad após pedido de falência


A Etihad Airways declarou estar desapontada pela Alitalia ter entrado em administração extraordinária. Detentora de 49% da Alitalia, a companhia árabe é acionista majoritária da italiana. Segundo a Etihad, todo o esforço possível foi feito, porém a aérea italiana necessita de uma reestruturação em longo prazo para sobreviver e tornar a crescer nos próximos anos.

De acordo com o presidente e CEO da Etihad Aviation Group, James Hogan, porém, tal reestruturação necessitará do apoio de todas as partes interessadas da Alitalia. "Sem o devido apoio, não estamos preparados para investir sozinhos na companhia", destaca o executivo que ainda afirma apoiar a solicitação de uma administração extraordinária.

"Estamos decepcionados pois, apesar dos significativos investimentos da Etihad na Alitalia, ao lado dos outros acionistas, a companhia aérea não pode continuar com sua configuração atual", afirmou Hogan.

A companhia italiana já havia sido alvo de um grande resgate, quando em 2014 a Etihad Airways comprou quase metade da empresa — e foi acordado um plano de três anos de transição, em que a Alitalia passaria a ser inserida nos lucros a partir de 2017. No início deste ano, porém, foi revelado que o ponto de equilíbrio seria adiado por mais dois anos.

Segundo Hogan, como investidor de apoio a Etihad cumpriu todos os compromissos firmados com a aérea italiana e, ao lado de acionistas, ajudou a proteger milhares de empregos.

A companhia aérea ainda disse que todos os clientes com reservas da Etihad na Alitalia, ou vice-versa, devem prosseguir com os seus planos de viagem normalmente.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário