Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Boeing 777 comemora 23 anos


Qui 15/6/2017 - Foi no dia 23 de junho de 1994, que o primeiro Boeing 777 comandado pelo piloto de teste da Boeing, John E. Cashman, voou pela primeira vez e marcou o início do programa de testes da aeronave widebody (fuselagem larga) que seria o sucesso de vendas da fabricante de aeronaves norte-americana.

Lançado em outubro 1990, o 777 foi o primeiro jato da Boeing totalmente novo lançado em mais de uma década, e o primeiro avião a ser 100% projetado utilizando computação gráfica tridimensional. A primeira variante do modelo foi a série -200.

Em junho de 1995, a United Airlines realizou o primeiro voo comercial com o Boeing 777. Pouco tempo depois, em 26 de junho de 1995, a variante -300 já tinha sido autorizada pela Conselho de Administração da Boeing para a sua produção e, em junho de 1998, a companhia aérea chinesa Cathay Pacific recebia a sua primeira unidade como lançadora do 777-300.

Maior que todos os outros aviões a jato de dois e três motores, mas ainda menor que o 747, o Boeing 777 surge com melhorias nos aerofólios, no design do cockpit, conforto e flexibilidade na cabine de passageiros. Na configuração de três classes, o triple seven dispõe de 301 a 386 assentos. Tudo isso, com um alcance de 5.240 milhas náuticas (9.700 quilômetros) a 9.395 milhas náuticas (17.395 quilômetros), dependendo de fatores de configuração.

O 777 foi o primeiro avião comercial da Boeing com tecnologia fly-by-wire, no entanto, a fabricante optou por manter os tradicionais controles ao invés dos sidesticks, utilizados em aviões de combate


Em 2014, o Boeing 777 contava com sete variantes: 777-200, 777200ER (Extended Range), duas variantes de longo alcance, o 777-300ER e ainda o 777-200LR Wordliner (o avião de maior alcance do planeta) e ainda o Boeing 777 Freighter (cargueiro).

O 777 Freighter (777F) é uma variante de carga baseado no 777-200L e conta com a capacidade máxima de 103.000kg, capacidade similar ao do 747-200F que é de 110.000kg (Domínio Público)

Apesar das atuais variantes, a família 777 continua a crescer. O mais novo membro da família de aviões de corredor único surge em novembro de 2013 com o 777X. A aeronave foi lançada durante o Dubai Airshow e recebeu 259 compromissos de compra de quatro clientes. A produção do 777X iniciou este ano, com a primeira entrega prevista para 2020.

O mais novo Boeing 777-300ER tem o preço estimado acima dos US$ 320 milhões de dólares

O 777X foi projetado para ser o maior e mais eficiente jato bimotor do mundo. A Boeing estima que a aeronave vai ser 12% mais econômica em termos de combustível, com o custo operacional de 10% inferior a concorrência. Mais de 50 companhias aéreas operam o Triple Seven.

Em 2012, a Boeing desenvolveu uma avançada tecnologia para a montagem da fuselagem do 777. Conhecido com Fuselage Automated Upright Build (FAUB), (ou Construção Vertical Automatizada da Fuselagem, em tradução livre), a ferramenta permite que a instalação dos painéis da fuselagem fossem instalados por braços robôs automatizados. Esse processo leva mais de 60 mil fixadores e era feito à mão.

Atualmente, o 777 é um dos aviões mais vendidos da Boeing. A aeronave conta neste momento com 1490 entregas do total de 1911 encomendas.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário