Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Boeing revelará planos para novo avião em Paris


Sab 17/6/2017 - A Boeing já está no aguardo, para o Paris Air Show, sobre o assunto relacionado ao conceito de aeronave de médio porte, em que a fabricante americana está planejando e analisando as necessidades do mercado de aviação. A Boeing provavelmente apresentará no Paris Air Show uma pequena parte do que vem planejando nos últimos meses sobre o conceito de um novo Boeing 757.

Por enquanto a Boeing permanece na ideia que sua nova aeronave middle-of-the-market (MOM) terá uma capacidade para transportar de 200 a 270 passageiros com divisão de dois corredores, sendo mais leve que o Boeing 787, com um alcance na faixa de 7200 km a 9600 km.

“Temos a capacidade de projetar e fabricar as ferramentas do novo avião, para que possamos projetar a configuração que queremos no sistema de produção. Isso é tão profundo porque isso faz parte do molho secreto”, disse Mike Delaney, vice-presidente da Boeing Commercial Airplanes e gerente geral de desenvolvimento de aviões.

Mike falou sobre o novo conceito que a Boeing está usando para definir sempre uma nova aeronave, denominado MBSE, essa é uma abordagem interdisciplinar que se concentra na definição das necessidades e funcionalidades solicitadas pelo cliente no início do ciclo de desenvolvimento do avião, uma etapa crucial para definir o sucesso do projeto.
 
“Este avião é realmente dimensionado ao redor do passageiro”. Ele acrescenta que a Boeing manteve conversações com 57 companhias aéreas sobre esse novo projeto, incluindo a United, que já relatou interesse em uma nova aeronave, mais leve que o 787-8 porém com capacidade semelhante. “A maior coisa sobre a qual as empresas estão entusiasmadas é abrir novos mercados, e alguns deles são um novo modelo de negócios”, disse ele. “Algumas operadoras de baixo custo querem crescer, algumas querem preencher sua frota, algumas querem implementar coisas ou reestruturar suas rotas”.

Em conversas com a Rolls-Royce a Boeing está definindo as novas tecnologias para os motores, visto que eles representam o ponto ideal da Boeing para fazer uma aeronave eficiente, a nova geração de aeronaves narrow-body, como o 737 MAX e o A320neo, conseguiu grandes ganhos ao atualizar os motores. Apesar disso Mike relatou que a Boeing está conversando com outras empresas, como a CFM e a Pratt & Whitney.

Outros pontos são a incorporação de tecnologias usadas no 787, como a fuselagem em material composto e sistemas elétricos/hidráulicos eficientes.

“Passamos por uma série de processos iterativos com eles, e concentramos em focar nos limites do avião. Dizemos para as empresas a capacidade de decolagem e subida, bem como o ruído sonoro. Falamos até mesmo sobre critérios de certificação ETOPS, já que isso altera a funcionalidade do design geral. Então, todas as ideias estão nitidamente definidas em nossas mentes neste momento”.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário