Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Nevoeiro afeta voos em aeroportos de Santa Catarina


Ter 11/7/2017 - Três aeroportos de Santa Catarina tiveram alterações nas operações na manhã desta terça-feira (11) por causa de um forte nevoeiro. Os aeroportos de Joinville e Florianópolis foram fechados e o de Navegantes operou com restrições.

Em Joinville, o aeroporto fechou às 6h para pousos e decolagens. Às 11h20, já operava por aparelhos. Às 10h13 começaram as decolagens e às 10h40 os pousos também foram permitidos. Foram três atrasos e dois cancelamentos, segundo a Infraero.

Os passageiros de um voo da Azul com destino a Campinas aguardaram quatro horas pela dissipação do nevoeiro. A saída prevista era 6h25, mas decolou às 10h46. Outro voo da mesma empresa que saiu de Campinas com chegada prevista para às 9h55 em Joinville deve chegar às 12h50. A saída dessa aeronave, inicialmente prevista para às 10h20, foi transferida para 13h20.

Já um voo da Tam vindo de São Paulo e que deveria pousar às 8h13 em Joinville, deve chegar às 12h. A decolagem, que seria às 8h48, deve ocorrer às 12h30. Já um voo da Gol que decolaria às 10h08 foi cancelado, informou o aeroporto.

Florianópolis e Navegantes

Já o aeroporto de Florianópolis ficou fechado das 5h às 6h30 pelo mesmo motivo para pousos. As decolagens ocorriam com restrições.

Um voo de Chapecó com chegada prevista para as 6h55 saiu da cidade no Oeste só por volta das 6h30, pois ficou aguardando a liberação do aeroporto da capital para pousos. Já uma aeronave de carga foi para Porto Alegre.

O aeroporto de Navegantes estava funcionando por instrumentos

Nevoeiro


A terça-feira começou com nevoeiros fortes em muitos pontos de Santa Catarina, sobre tudo em cidades da Serra, Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Norte.

"O nevoeiro, também conhecido por cerração ou nevoaça, é uma nuvem que tem sua base muito próxima ao solo, afetando diretamente na redução da visibilidade, que fica menor do que um quilômetro. Esse fenômeno é muito comum no inverno, principalmente nos dias de ar seco, baixa temperatura e ausência de vento", explica a técnica em meteorologia Bianca Souza.

Já neblina, também conhecida por névoa ou bruma, é a mesma nuvem, se forma do mesmo modo, que também tem sua base próxima ao solo. A diferença está na visibilidade, que nesta fica superior a um quilômetro.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário