Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Primeiro dirigível tripulado fabricado no Brasil voará na próxima semana


Qui 20/7/2017 - A empresa brasileira Airship do Brasil, especializada na construção de dirigíveis, vai realizar na semana que vem o primeiro voo de um dirigível tripulado construído na América Latina, o dirigível tripulado modelo ADB 3-X01, em São Carlos, interior de São Paulo. Na ocasião, também serão lançado o Carimbo Comemorativo e a apresentação do Selo Personalizado por parte dos Correios do Brasil.

O voo inaugural será no dia 24 de julho, no espaço aéreo das dependências da Airship do Brasil em São Carlos. Pronto para emprego nas Forças Armadas e em processo de certificação do modelo 3-3, que permitirá sua comercialização civil, a qual devera estar pronto para o mercado em 2018.

“Trata-se de um momento histórico para o País, pois será o primeiro dirigível construído no Brasil (e na América Latina), apesar de termos a primazia de sermos a terra de Alberto Santos Dumont. Como é de conhecimento geral, este aeronauta brasileiro, pioneiro na aviação mais leve que o ar que conseguiu dar dirigibilidade aos balões com seu dirigível Nr 3 em 1899, realizou todos os seus experimentos em solo europeu, mais especificamente na França, que o reconhece, merecidamente, como o Pai da Aviação”, comenta o diretor de Relações Institucionais da ADB, Marcelo Augusto de Felippes.

Esta série ADB 3-3, cujo representativo será apresentado ao público dia 24, possui diversas aplicações de treinamento e vigilância, entre elas:
  • Treinamento de pilotos, tripulação e equipe de solo pela Escola de Aviação Mais Leve que o Ar (ESALTA), instituída pela Airship do Brasil;
  • Vigilância e monitoramento para segurança, proteção do meio ambiente, prevenção de queimadas, controle de fronteiras, entre outros (com uso de câmeras, radares, holofotes, etc.), aplicações favorecidas por sua grande autonomia de tempo em voo;
  • Transporte de passageiros para lazer em voos panorâmicos;
  • Voos de reconhecimento aerofotométrico, agricultura, busca e salvamento;
  • Transporte de pequenas cargas ou passageiros para áreas de difícil acesso e sem infraestrutura aeroportuária;
  • Inspeção de linhas de transmissão de energia elétrica ou estruturas similares;
  • Marketing e propaganda com marcas impressas em seu envelope e gôndola.
Para essas finalidades, a aeronave foi projetada com 49 m de comprimento e 17 m de altura, com capacidade de carga em torno de 1 tonelada, e espaço para um piloto e até 5 outros ocupantes. Possui um motor de potência 300 HP, atingindo velocidades de até 85 km/h.

Dirigíveis dispensam pista para decolagem e pouso e podem ser fabricados para grande autonomia de tempo em ar. Estas aeronaves utilizam sustentação aerostática, podendo flutuar mesmo sem propulsão de motor, o que concede grande segurança ao voo. Adicionalmente, são equipamentos com menor consumo de combustível por quilômetro percorrido se comparados à aviação convencional.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário