Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Passageiro é retirado de voo entre Austrália e EUA após insultos homofóbicos


Um passageiro que atacou verbalmente outros passageiros e a tripulação com insultos racistas e homofóbicos foi retirado de um voo da United Airlines que seguia de Sydney, na Austrália, para San Francisco, na Califórnia (EUA), no Dia de Ano Novo.

O voo UA870 feito pelo Boeing 787-9 Dreamliner matrícula N26952 foi desviado para Auckland, na Nova Zelândia, onde o homem não identificado foi preso no domingo, de acordo com a United Airlines. "Quando os comissários de bordo se aproximaram, ele usou insultos homofóbicos", disse Neil Kay, que estava no voo.

De acordo com a companhia, o passageiro, que é um cidadão americano, não será indiciado, mas permanecerá sob custódia da polícia até que embarque de volta para os Estados Unidos.

O porta-voz do United, Erin Benson, disse que o voo foi desviado para Auckland por causa de um passageiro que não seguiu as instruções da tripulação.

A mulher de Neil Kay, Anjou, disse em sua página no Facebook que o homem xingou com insultos racistas quando dois outros passageiros, descritos como sendo de ascendência indiana ou paquistanesa, sentados ao seu lado, começaram a conversar enquanto ele estava sentado no meio.

Depois que os comissários de bordo foram chamados, segundo o casal Neil e Anjou Kay, o passageiro xingou com insultos homofóbicos a tripulação.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário