Welter Mesquita Vaz. Tecnologia do Blogger.

Voo da Avianca de Recife para Bogotá pode se concretizar


A Avianca vem anunciando novas rotas nacionais e internacionais partindo de várias cidades do Brasil e abre a possibilidade de tirar do papel o voo para Bogotá, sem escalas, partindo do Aeroporto Internacional do Recife. Os diálogos para movimentar a rota vêm acontecendo há mais de um ano entre governo e companhia e pode se concretizar com Pernambuco seguindo os exemplos da Bahia e do Ceará. Este ano, Salvador ganhou o destino depois que o governo baiano reduziu a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do querosene de avião. O tributo passou de 18% para 12%. A taxa é a mesma com a qual o Ceará trabalha desde 2014 e, portanto, foi o primeiro estado do Nordeste a operar a rota para Bogotá, sem escalas, pela Avianca. Pernambuco já possui a mesma tributação, mas exige contrapartidas que a Avianca ainda não atende.

O governo de Pernambuco trabalha com alíquota do ICMS do querosene de avião em 25% e reduziu para 12%, desde que algumas “obrigações” sejam cumpridas por parte das companhias aéreas para garantir a vantagem fiscal. A exigência é a oferta pela empresa de um voo internacional partindo do Recife ou mais de um voo interno no estado, o que inclui Fernando de Noronha. A condição virou lei e foi publicada para se equiparar aos estados que disputam o hub da Latam (Rio Grande do Norte e Ceará), que prevê investimentos bilionários no estado escolhido para receber o centro de conexões.

A Avianca, por sua vez, continua sendo a única companhia que opera em Pernambuco que não possui o benefício fiscal do ICMS sobre o querosene de aviação, justamente por ainda não se enquadrar nas exigências da legislação estadual. A companhia até voltou a operar o voo Petrolina - São Paulo e fez gestos que sinalizavam que poderia aumentar o número de voos, como a retomada da rota diária Petrolina - Brasília sem escalas. Mas isso, entretanto, só seria feito depois que o governo concedesse os incentivos fiscais. A Avianca também já sinalizou que tem interesse em operar no aeroporto de Caruaru, no Agreste do estado, quando as condições do equipamento possibilitarem os voos.

O governo de Pernambuco vem tratando a política de expansão de rotas em caráter de prioridade, principalmente depois que o retorno do aumento de conectividade aérea apresentou resultados mais expressivos em relação a países da América do Sul. Atualmente, o estado possui rotas diretas ligando Recife a Buenos Aires, na Argentina, e a Montevidéu, no Uruguai. Gol Linhas Aéreas e Latam operam o circuito. O Recife também possui voos para Miami (Estados Unidos), Cabo Verde (África) e Lisboa (Portugal). Tanto o governo do estado quanto a Avianca não se pronunciaram sobre o assunto.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Alexandre Marques

Notícias, radar e escuta ao vivo, matérias e cobertura de eventos aeronáuticos.
    Comentar - Blogger
    Comentar - Facebook

0 comentários:

Postar um comentário